Cuiabá enfrenta Joinville em busca da liderança na Série C

O Campeão mato-grossense de 2018, o Cuiabá Esporte Clube, chega a Joinville neste sábado disposto a afundar o Tricolor na crise.

Com uma folha salarial que gira em torno de R$ 400 mil a R$ 500 mil (bancada por empresários), o Cuiabá estabeleceu como meta o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro.

Dirigido pelo técnico Itamar Schulle (que esteve no JEC durante o Campeonato Catarinense de 2007), a equipe traz para a Arena o atacante Bruno Sávio como seu grande destaque. Emprestado pelo América-MG, ele foi o autor do gol da vitória sobre o Tupi, no último domingo.

Além de Bruno Sávio, estarão em Joinville jogadores conhecidos do torcedor do JEC. O meia Eduardo Ramos é um deles. Ele participou da campanha do acesso à Série A em 2014 e do título da Série B no mesmo ano. O lateral-esquerdo Ronaell, ex-Brusque, e o atacante David Batista, ex-Tubarão, já foram adversários do Tricolor na disputa do Campeonato Catarinense deste ano.

O Cuiabá realizou 27 partidas, com 17 vitórias, quatro empates e seis derrotas. Chama a atenção o bom poderio ofensivo, 40 gols em 27 jogos, média de 1,48 gol por jogo. A equipe de Itamar Schulle só não balançou a rede em cinco ocasiões. Como o JEC passou apenas seis partidas sem ser vazado neste ano e tomou dez gols nas últimas cinco exibições, terá de melhorar bastante sua defesa.

O Cuiabá foi fundado em 2001. Teve como grande mentor o ex-jogador Gaúcho (ex-Flamengo), que faleceu há dois anos. Na década de 2010, dominou o Campeonato Mato-grossense. Ganhou seis títulos (2011, 2013, 2014, 2015, 2017, 2018) e, nesta temporada, é considerado pela imprensa local como favorito ao acesso em comparação ao rival Luverdense, que frequentou a Série B nas últimas quatro temporadas.

O Cuiabá Esporte Clube enfrenta o Joinville na noite deste sábado (12), em Joinville, a partir das 18h30 (horário de Mato Grosso). Caso vença, o Dourado poderá assumir a liderança do Grupo B, na Série C.

Atualmente a equipe é quarta colocada com sete pontos em quatro jogos. São duas vitórias, um empate e uma derrota. Apesar de jogar fora de casa neste final de semana, o técnico Itamar Schulle promete uma equipe ofensiva.

Temos que buscar somar três pontos em todos os jogos. Lógico que um empate contra uma equipe forte, como é o Joinville, fora de casa, não é um mal resultado, porém vamos buscar a vitória“, disse o treinador.

O Dourado ainda não venceu fora de casa na competição. Perdeu por 3 x 0 para o Volta Redonda e empatou com o Botafogo-SP em 0 x 0.

Para a partida o desfalque será o volante Jean, que está suspenso devido ao terceiro cartão amarelo. Doda e Magno estão lesionados, e o tempo de recuperação leva mais tempo.