Marcos Lopes ganha musculatura na sua pré-candidatura a deputado estadual que cresce em todo MT

O pré-candidato a deputado estadual Marcos Lopes, que é jornalista em Nobres (146 km de Cuiabá), onde reside e possui um site de notícias, e desde que se filiou ao Partido Pátria Livre (PPL) a sua pré-candidatura a deputado estadual vem ganhando musculatura política no Estado de Mato Grosso.

Com um perfil visionário, mas ao mesmo tempo polêmico e sem papa na língua ele tem agradados alguns e desagradados outros. É o único pré-candidato a deputado estadual representante da Região do Vale do Rio Cuiabazinho que abrange os municípios de Acorizal, Jangada, Rosário Oeste e Nobres e ele vem se articulando nos bastidores e tem conquistado apoio de algumas lideranças políticas da Baixada Cuiabana como principalmente de empresários da Capital, entre eles o empresário Sadi Santos, diretor e proprietário do Hospital São Pio, “Amigos da Visão”, que está sendo construído no município de Nossa Senhora do Livramento (25 km de Cuiabá).

Quando questionado sobre o fato se ele enfrenta alguma resistência ou rejeição por parte da população de Nobres e como ele tentaria superar isso, ele foi enigmático em sua resposta e ao mesmo tempo diplomático. “O problema da nossa região é a falta de sentimento nativista e de compromisso com o desenvolvimento por parte de algumas pessoas não só de Nobres, mas de todo o estado de Mato Grosso e nesse momento já tenho o apoio de amigos próximos e em consulta a minha família, recebi o irrestrito apoio de todos e isso me da forças para continuar nesse projeto como pré-candidato a deputado estadual e depois da convenção do PPL, vou colocar minha campanha de vez nas ruas”, assegurou Marcos Lopes.

Fazendo uso de uma passagem bíblica, o jornalista e pré-candidato Marcos Lopes salientou que também irá buscar votos em outros municípios vizinhos da região de Nobres, assim que for homologada a sua pré-candidatura a deputado estadual pós-convenção partidária. “No Evangelho de Lucas, no Capítulo 4, Versículo 24, diz que “Nenhum profeta é bem recebido em sua própria terra” e por isso que assim que o processo das convenções partidárias passarem e eu deixar a condição de pré-candidato e de fato ser homologado candidato a deputado estadual e a lei permitir vou além de Nobres, que é visitar todos os municípios de nossa região, com foco maior é claro no Vale do Rio Cuiabazinho e também em Cuiabá, pois tenho familiares e amigos lá na capital e vamos continuar a luta por um Mato Grosso mais digno e humano para todos”, afirmou Lopes.

O pré-candidato ainda reforçou que o PPL poderá vir a disputar de igual para igual as eleições majoritárias com candidatos ao Senado da Republica e ao Governo do Estado. “O PPL pode até ser considerado por muitos um partido pequeno, mas aqui em Mato Grosso não está brincando de fazer política como alguns partidos por aí que preferem as benesses do Poder, a lutar em prol das necessidades e demandas do povo e por isso digo que estamos vindo com chapas proporcionais com nomes novos e fortes tanto para estadual como pra federal e ainda temos a possibilidade de termos um candidato majoritário ao governo e temos aí o nome do Senhor Aladir Leite, como o nosso pré-candidato ao senado e ele vem pra brigar pela primeira vaga e poderá ser o primeiro servidor púbico a se eleger senador por Mato Grosso e pode ter certeza que o único grupo que representa uma alternativa de mudança é o grupo do PPL e partidos aliados, que em breve estaremos divulgando com certeza”, declarou Lopes.

Ao ser indagado como ele avalia o fato dele por enquanto ser o único pré-candidato a deputado estadual pela região de Nobres, o jornalista Marcos Lopes respondeu que é um desafio e que a região está carente de representantes na Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

É com muita responsabilidade que assumo esse desafio de ir com a cara e a coragem, mas em busca do apoio de toda a população de Nobres, Rosário Oeste e Região, que necessita urgente de ter um representante na Assembleia Legislativa, pois cidades que nasceram de Nobres, hoje são polos regionais e é por isso que me coloquei como pré-candidato a deputado estadual pelo PPL, pois vejo e entendo que a cidade de Nobres e toda essa região nossa aqui, do Vale do Rio Cuiabazinho necessita de mais representatividade política, mais que isso, necessitam de bandeiras que defendemos diariamente como a proteção a acessibilidade, a sustentabilidade e o desenvolvimento econômico, educação, saúde e segurança de qualidade, precisando ser ampliadas no cenário estadual”, enfatizou o pré-candidato a deputado estadual pelo PPL.

Eu quero aqui deixar claro, que estou falando como pré-candidato a deputado estadual e também como um cidadão que sonha em ver um país e em especial o nosso querido estado de Mato Grosso livre de políticos que quando estão em cima de um palanque promete tudo para os pobres, mas quando ganham as eleições, governam somente para os ricos e os nossos atuais representantes políticos tem deixado a desejar, pois não estou vendo nada de bom vindo da parte de nossos deputados estaduais, federais e senadores“, asseverou Lopes falando que pretende também mudar o pensamento da sociedade que todo politico é corrupto e ladrão.

Sempre ouvi a maioria falando que a politica é coisa de ladrão, que todo politico rouba, mas se nos, que somos os eleitores pensamos dessa maneira, o nosso Brasil e osso Estado estarão perdidos, porque somos nos que escolhemos quem ira representar durante 4 anos“, concluiu o jornalista Marcos Lopes.

Marcos Lopes é defensor da família e dos valores morais éticos cristão. Tem 35 anos de idade, é casado e tem uma filha de 5 anos e já desponta como uma possível pré-candidato com um futuro promissor na politica estadual e nessa eleições de 2018, podendo atingir o marco histórico, o de ser o primeiro representante de Nobres a sentar em uma das cadeiras da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (AL/MT).