Shopping Popular recebe capacitação sobre reciclagem e coleta seletiva

Os colaboradores participaram de treinamento técnico anual sobre como fazer a coleta seletiva e a destinação correta através da cooperativa

Nesta semana, nos dias 8 e 9 de agosto, a Associação dos Camelôs do Shopping Popular recebeu aulas técnicas sobre a coleta seletiva e reciclagem, seguindo a política nacional de Resíduos Sólidos que implica a participação de grandes empresas na destinação correta do lixo e o Shopping Popular dando exemplo na preservação do meio ambiente.

Os colaboradores que trabalham no setor de limpeza compareceram nos dois dias de treinamento técnico sobre a importância da destinação correta do lixo coletado.

A orientação foi feita a todos os funcionários como eles devem estar conduzindo de forma correta, como a coleta, as sacolas corretas, e como eles devem separar os resíduos de cada tipo, contou Sara Ferreira do Administrativo do Shopping Popular.

Exceto material radioativo, a Lei Nacional de Resíduos Sólidos (Lei Nº 12.305) se aplica para todos os tipos de resíduos descartados e são divididos em duas categorias, a de Lixo Seco e a de Lixo Orgânico.

Os lixos secos são os que irão ser destinados para reciclagem, como por exemplo: latas de refrigerantes, garrafa PET, copos descartáveis e canudinhos, jornais, revistas e panfletos, recipientes de vidro e caixinhas de leite.

Já o Lixo Orgânico servirá de outra maneira para o meio ambiente, como adubo orgânico, utilizado na agricultura, através do processo de compostagem, alguns exemplos são: restos de comida, tocos de cigarro, fitas adesivas e resíduos de jardinagem.

Os funcionários são capacitados anualmente para seguir as normas da vigilância sanitária, dentre os temas citados no treinamento estão como separar o lixo seco do orgânico e as sacolas adequadas para cada tipo de material.

Além de ajudar os catadores das cooperativas, essa ação também ajuda na preservação do meio ambiente, “Você evita que os matérias que são coletados aqui sejam descartados de forma errada como ser enterrado no lixão ou jogado nos córregos e nascentes“, disse Jadilson Menezes da Associação Mato-grossense de Proteção e Recuperação Ambiental (AMPARA) que realiza palestras técnicas sobre reciclagem e coleta seletiva.

Segundo a cooperadora Fátima Ferreira as técnicas para fazer a separação do lixo seco do lixo orgânico foi uma das partes mais relevantes da palestra.

Eu gostei da palestra e achei importante os colaboradores do shopping aperfeiçoarão os conhecimentos sobre a coleta, mas não só os colaboradores e sim o público também precisa ter conhecimento, nós todos precisamos ter conhecimento do que pode ou não ir para o meio ambiente, finalizou.