Cuiabá não consegue brecar as investidas da Ponte Preta e perde por 3 x 0

Uma atuação arrasadora. Assim é possível definir o primeiro tempo da Ponte Preta.

Com um desempenho que nem mesmo o mais otimista dos torcedores sonharia, a Macaca se mostrou compacta na marcação, veloz no meio de campo e extremamente eficiente no ataque. Foi desta maneira que os gols saíram naturalmente. Foram três, mas poderiam ser quatro ou cinco.

A Ponte Preta bateu o Cuiabá por 3 a 0, na tarde deste sábado, pela 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a Macaca sobe, momentaneamente, para a oitava colocação, enquanto o Cuiabá cai para a nona.

Quatro jogos sem vencer, a Ponte entrou pressionada pelo resultado positivo. Sabendo que se tratava de um concorrente direto na briga por uma vaga no G4, já se lançou ao ataque no início do jogo e surtiu efeito.

O Cuiabá não conseguia brecar as investidas alvinegras, e logo aos 4 minutos, Vico fez um golaço. O atacante recebeu sozinho no meio-campo, conduziu a bola até a entrada da área e mandou uma bomba no canto esquerdo inferior de Victor Souza.

O gol não fez o ritmo ponte-pretano cair. Aos 26, o zagueiro Reginaldo aproveitou o belo cruzamento de Renato Cajá e ampliou o placar.

Sobrou tempo ainda para marcar o terceiro antes do apito final da primeira etapa, novamente com Vico. O camisa 18 aproveitou um grande bate-rebate dentro da área e só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

Ciente do resultado, a Macaca diminuiu a intensidade no segundo tempo e administrou o jogo. A sua melhor chance foi com Roger, aos 7 minutos.

Os últimos 45 minutos do Cuiabá refletiram bastante do que foi todo o jogo da equipe mato-grossense. O time chegava muito pouco ao gol de Ivan e apresentou problemas graves no setor de criação. Itamar Schulle tentou mudar o esquema do time com as três substituições, mas pouco surtiu efeito e o Dourado conheceu sua sétima derrota no torneio.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 3 x 0 CUIABÁ

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 28 de setembro de 2019, sábado
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Junior (AM)
Assistentes: Dimmi Yuri das Chagas Cardoso (AM) e Anne Kesy Gomes de Sa (AM)
Cartões amarelos: Gerson Magrão (40′ min do 2º tempo)
Gols: PONTE: Vico (4′ e 33′ do 1º tempo) e Reginaldo (26′ do 1º tempo)

PONTE PRETA: Ivan; Arnaldo, Renan Fonseca, Reginaldo e Henrique Trevisan; Edson, Lucas Mineiro (Washington), Renato Cajá (Bill) e Gerson Magrão; Vico (Everton) e Roger.
Técnico: Gilson Kleina

CUIABÁ: Victor Souza; Toty, Ednei, Anderson Conceição (Hélder) e Paulinho; Escobar, Marino e Matheus Anderson (Djavan); Felipe Marques, Júnior Todinho e Rodolfo (Gilmar).
Técnico: Itamar Schulle