“Curtinhas e Apimentadas”

Laboratório de diagnóstico de câncer responderá à sindicância junto ao CRM por laudos errados

O mesmo laboratório de patologia que já teve o contrato cancelado com o Hospital de Câncer de Mato Grosso (HcanMT), após constatadas diversas irregularidades que, para a Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal e Estadual de Saúde, colocavam em risco à vida dos pacientes, volta a ser alvo dos órgãos de fiscalização e dessa vez, ninguém menos que o Conselho Regional de Medicina (CRM) instaurou sindicância contra o LAPC (Laboratório de Anatomia Patológica e Citopatológica), por ERROS em laudos médicos.

Isso mesmo!

Alias, a mesma denúncia corre junto ao MP, que já instaurou procedimento investigatório contra esse mesmo laboratório.

Conforme este Blog já noticiou, o povo está travando uma verdadeira batalha na Justiça para permanecer dentro do Hospital goela abaixo.

Para isso, eles têm usado de influência política e disseminação de notícias que não condizem com a verdade como forma de pressão e coação, já que não querem sair do prédio.

Nós vamos continuar de olho e acompanhando de perto essa situação, que beira, no mínimo, o absurdo!

                        Estágio Probatório

Ex-braço direito de Blairo Borges Maggi, e ex-coronel da Policia Militar do Estado de Mato Grosso, aposentado da PM, Eumar Novacki, queria ser Presidente da Embrapa mas não deu certo. Macambúzio, Novacki começou a estagiar no escritório de advocacia de Odasir Piacini, sócio do Governador do Estado do Distrito Federal (DF), Ibaneis Rocha, especializado em Direito Trabalhista, localizado no Setor de Indústria Gráfica em Brasília.

O trabalho é de 6 horas diárias e não é remunerado e sim obrigatório já que serve para Eumar fazer a prova da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/DF). Novacki vai ao trabalho, sempre conduzido pelo seu motorista oriundo do GDF.

Ele distribui e recolhe os processos dos sócios da banca e à tarde vai aos Tribunais protocola-los, sempre acompanhado por um Advogado. Ele é só bacharel. A função é parecida com a de Ajudante-Ordens, por isso ele a desempenha “com os pés nas costas”.

                              No olho do furacão

Terça-feira (3), este será o dia D, data de julgamento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do recurso da senadora Selma Rosane Santos Arruda (Podemos) contra sua cassação.

Selma Arruda se aposentou e disputou pela primeira vez uma eleição, e acabou vencendo com a maioria da aprovação popular, mas….esta no OLHO do FURACÃO, sendo condenada no dia 10 de abril pelas práticas de “Caixa 2” e “Abuso de poder econômico” durante a eleição de 2018.

Selma acabou sendo denunciada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) por campanha extemporânea. Como consequência, teve o mandato cassado.

Na denúncia contra a Senadora do Podemos, que foi eleita pelo Partido Social Liberal (PSL), pegando onda de Jair Messias Bolsonaro, eleito Presidente do Brasil, Selma teria gasto R$ 1,2 milhão via caixa dois. Do valor, R$ 855 mil foram empregados antes de o período eleitoral ter início. Outros R$ 376 mil foram gastos na campanha.

Selma recorreu da decisão no TRE, que acolheu parcialmente os pedidos. Contudo, os juízes eleitorais mantiveram a cassação da senadora. O caso agora é decidido pelos ministros do TSE.