“Doação de Sangue”: Um ato de “Amor e Solidariedade”, MT Hemocentro reforça campanha para garantir estoque no fim de ano

Até 50 mil vidas são salvas todos os anos graças às doações voluntárias realizadas ao Banco de Sangue Público de Mato Grosso

ODia Nacional do Doador de Sangue serve para homenagear todas as pessoas que separam um tempo durante sua rotina para ser doador voluntário. Estas pessoas têm o seu sangue coletado para poder ajudar pacientes que precisam de transfusão de sangue.

No Brasil existem alguns requisitos para que uma pessoa possa doar sangue. Para realizar esta atividade, é necessário ser maior de 18 anos, ter peso superior à 50kg, não estar grávida, não ter feito tatuagens recentemente, entre outros requisitos. Um procedimento rápido, indolor e sem riscos. Assim é a doação de sangue, esse tecido vivo que circula pelo nosso corpo, levando oxigênio e nutrientes a todos os órgãos e para o qual não há substituto.

E o que acontece com o sangue após a doação?

O sangue total coletado é submetido a uma série de etapas antes de ser liberado para utilização. O primeiro passo é a separação do sangue (por centrifugação) em seus componentes para transfusão. Simultaneamente acontece o envio de amostras de sangue ao laboratório a fim de serem submetidas a exames sorológicos e imunohematológicos que classificam o tipo sanguíneo e o fator RH. Após essas etapas e com todos os exames sorológicos negativos o sangue é liberado para estoque ou distribuição.

O Dia Nacional do Doador de Sangue é a data mais importante do ano para o MT Hemocentro, único banco de sangue público de Mato Grosso. A celebração dá início a um período crítico para a unidade e serve de alerta para toda a população; visto que a época das festividades de fim de ano engloba recessos, férias escolares e viagens que se prolongam até o feriado de carnaval, causando a redução no número de doações.

Por isso, neste período, o MT Hemocentro reforça as campanhas de sensibilização para a captação de novos doadores de sangue e por aférese (captação de componentes do sangue). Para celebrar a data que marca a importância da doação voluntária e homenagear os doadores, o MT Hemocentro preparou um dia inteiro de atividades na unidade da Rua 13 de Junho, bairro do Porto, em Cuiabá.

A programação começa às 8 horas, com a apresentação da musicista lírica Sônia Mazetto; palestras de orientação e de sensibilização que serão realizadas pela diretora Gian Carla Zanela e pela gerente de doação de sangue, Ariadney Allyne; depoimentos de doador voluntário de sangue e de pai de paciente tratado pelo banco de sangue; agradecimento ao doador pelo grupo de oração do MT Hemocentro; apresentação cultural com a violinista Gleciane Freitas; atividade de animação e entrega de 160 kits contendo camiseta e copo para os doadores.

Importância da doação

Em 2017, foram coletadas 15.720 bolsas, resultado do atendimento de 21.199 candidatos à doação de sangue; em 2018, foram coletadas 14.975 bolsas, de um total de 20.526 candidatos à doação de sangue. Neste ano, até o dia 21 de novembro, foram coletadas 14.857 bolsas, de 19.879 candidatos à doação atendidos.

Considerando que cada bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas, os doadores voluntários têm contribuído para salvar até 50 mil vidas, por ano, de pacientes atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nas unidades hospitalares públicas e nos prontos-socorros.

De acordo com a diretora do MT Hemocentro, Gian Carla Zanela, além de atender aos pacientes internados nas unidades de saúde, as doações, principalmente aquelas feitas por aférese, salvam, por mês, a vida de 660 pacientes que possuem algum tipo de doença do sangue (câncer, anemia, doença de Won Willebrand, hemofilia, talassemias, entre outras).

Esses pacientes cadastrados são atendidos, por agendamento, dentro da unidade do MT Hemocentro, com o recebimento de transfusão de hemoderivados do sangue. A diretora explica que a transfusão de sangue é regularmente usada em casos de cirurgias, traumatismos, sangramentos gastrintestinais e partos nos quais há necessidade de repor grandes perdas sanguíneas.

O MT Hemocentro também realiza coleta de doação de sangue externa, por meio do hemobus, percorrendo municípios e entidades públicas ou empresas por meio de agendamento mensal. Além dessa estrutura na capital, o banco de sangue conta com Unidades de Coleta Transfusional e Agência Transfusional com área de abrangência em 94 municípios.

Para mais informações, agendamentos de coleta externa e de campanhas de captação de doadores, manter contato pelos seguintes endereços:

MT HEMOCENTROBanco de Sangue Público de Mato Grosso
Rua 13 de Junho, 1055. Porto. Cuiabá – MT.
Tel: (65) 3623-0044 ramal 220 / 221 / 225
Horário de Funcionamento: segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30.

Unidade de Coleta do Pronto Socorro Municipal de Cuiabá – MT
Rua General Vale, 182. Bandeirantes. Cuiabá – MT.
Horário de Funcionamento: segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h.