Eleição 2020: Lideranças do PSDB lança Luiz Carlo Nigro para disputa ao Palácio Alencastro

De um lado, um grupo de empresários, autodenominados apartidários, com ideias voltadas para várias áreas do Desenvolvimento Econômico, Saúde e Educação. De outro, profissionais de vários segmentos reunidos numa legenda com propostas de um novo plano de governo para a cidade.

Em comum, a disputa pelo Poder na Capital Mato-grossense. Atentos ao movimento de renovação que atraiu boa parte do eleitorado neste ano, e que garantiu a eleição de nomes com pouca ou até então nenhuma visibilidade política, esses grupos já estão de olho na sucessão municipal para 2020.

Uma iniciativa do empresário Luís Carlos Nigro que já ganhou quase adeptos e força dentro do PSDB. A intenção é que, daqui a alguns meses, médios e pequenos empresários e profissionais liberais façam parte desse grupo unido para planejar o futuro da cidade e com o intuito de lançar, um nome a prefeito.

O futuro candidato não poderá ter histórico político e estar disposto a botar em prática todos os planos e ideias levantadas desde agora. As propostas são ousadas, segundo informações de membros do PSDB municipal.

A gente estava em uma reunião e no fim foi lançado a ideia de criar um grupo de pessoas para fazer um projeto Cuiabá e, escolhemos um nome de Nigro. Um empresário ou um profissional competente”, disse uma liderança do PSDB.

Agora os já começaram trabalham nomes para eleição Majoritária com o intuito de dar maior notoriedade a legenda no que tange a eleição para vereador com a nova regra eleitoral, que põe fim as coligações no pleito proporcional a partir de 2020, e com isso os partidos querem estar fortalecidos com nomes para assumir o Palácio Alencastro.

O PSDB, para alguns, já esta definido com o nome do empresário Luís Carlos Nigro para a disputa pela Prefeitura de Cuiabá em 2020. O anuncio foi feito pelo deputado estadual Wilson Santos, durante eleição do Diretório Municipal da sigla tucana.

Ele não me autorizou, mas eu quero dizer a vocês, que nós temos hoje um quadro que pode ser o novo prefeito de Cuiabá que é o empresário Luiz Carlo Nigro”.

Precisamos começar a fortalecer o partido em todo o estado. Começar a fortalecer o PSDB nos municípios para que a gente possa ter uma programação para as próximas eleições. Tivemos muitos candidatos que alcançaram muitos votos, mas que não conseguiram êxito por conta da perda do partido, da coligação, esses são potenciais candidatos para 2020”. Disse a liderança do PSDB.

Para ele, é preciso começar um trabalho de reestruturação e de recuperação dos valores que levaram à criação do partido que podem contribuir para fortalecer essa união entre os municípios onde o PSDB conta com um grande numero de filiados.

O ex-secretário adjunto de Turismo do Estado de Mato Grosso, Luis Carlos Nigro, foi o suplente do deputado federal Nilson Leitão (PSDB), que se lançou candidato ao Senado da Republica. Leitão convenceu Nigro a deixar de disputar uma das vagas a Câmara Federal. A chapa era composta por PSDB, PSB, PPS, SD, DC, PSL, PRP, Avante e Patriotas.

O vereador Ricardo Saad foi eleito com 293 votos para presidente do PSDB de Cuiabá. O deputado estadual Wilson Santos desistiu de se candidatar ao cargo e ficou como vice-presidente da sigla. Também foi escolhida Tânia Matos como secretária-geral e o vereador Renivaldo Nascimento como líder do partido na Câmara Municipal de Cuiabá.

A convenção do PSDB Cuiabá foi realizada neste ultimo sábado (30), no plenário da Câmara de Cuiabá, com a presença de 300 filiados com direito a voto. Do total de votantes, cinco foram contrários ao nome de Saad, e dois se abstiveram.

Já para o presidente municipal do PSDB, Ricardo Saad, em sua avaliação, a indicação do nome do empresário Luís Carlos Nigro ainda depende de muita conversa.

Primeiro temos que saber se o Nigro vai querer disputar as eleições. Outra situação é o PSDB só vai disputar a prefeitura se tiver condições financeiras de financiar a campanha. Não adianta ir para a disputa e depois ficar endividado”.

Luís Carlos Nigro é empresário em Mato Grosso, foi presidente do Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes e secretário-adjunto de Turismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *