Estacionamento no Centro Político Administrativo; Servidores cobram melhorias

O local está cheio de buracos, causando acidentes e danos aos veículos de quem o utiliza.

Servidores do Poder Executivo Estadual e de órgãos públicos localizados no Centro Político Administrativo e a população que utiliza o estacionamento localizado ao lado da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (AL/MT) reclamam das péssimas condições do local e cobram providências por parte do Poder Público.

De responsabilidade do Poder Executivo Estadual, o estacionamento está tomado por buracos, causando danos aos veículos de quem o utiliza e dificultando o trânsito no local. Segundo Paula Baicere, servidora da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), alguns buracos são tão grandes, que se torna impossível para o motorista desviar.

Ainda mais agora com as chuvas, a situação fica pior, pois nossos veículos ficam enlameados. Foram mais de 100 dias sem chover em Cuiabá, porque não tomaram nenhuma providência?“, questiona.

Jocilene Palma também atua na Seplag e afirma que o problema é antigo. No ano passado a servidora registrou uma reclamação junto à Ouvidoria Geral do Estado, mas não obteve resposta. Diante da situação, registrou outra reclamação junto à Ouvidoria da Seplag, que informou que o asfalto seria refeito após o período de chuvas. No entanto, mais de um ano se passou e nenhuma providência foi tomada.

A solicitação é para que a pavimentação seja refeita em toda a área de estacionamento, para melhorar o acesso dos servidores e também para que o cidadão possa se locomover com segurança dentro do órgão público. Uma área com buracos atrapalha a passagem dos condutores de veículos, podendo trazer prejuízos pela falta de condições do local“, diz.

O servidor da Seplag Wilton Leal conta que torceu o joelho e o tornozelo ao pisar em um curso d’água no estacionamento e também reivindica providências por parte do Governo do Estado.

Os buracos têm danificado carros de colegas. Tem alguns tão grandes que acabam quebrando o para-choque de quem tem carro baixo“, acrescenta.

Servidora da Assembleia Legislativa, Danielle Favreto diz que o estacionamento está intransitável e que, por isso, evita ao máximo deixar o carro no local, mas muitas vezes não tem opção.

Além da dificuldade de transitar por lá por conta dos buracos, acaba danificando a suspensão do carro, a roda, corre o risco de furar um pneu. E a situação está pior agora, por conta das chuvas“.

Além dos problemas estruturais, Danielle também reclama da falta de segurança.

Vários servidores já foram assaltados lá, relata.

Outro lado

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) informou que a restauração do estacionamento integra a obra de recuperação e revitalização de ruas e estacionamentos do Centro Político, que terá início ainda este mês. No total, serão recuperados 102, 097 mil metros quadrados de vias dentro do CPA.

Segundo a secretaria, a licitação para contratação da construtora que executará o serviço ocorreu no dia 29 de outubro de 2019, na modalidade de pregão, e a empresa vencedora é a MTSul Construções LTDA, que arrematou a obra por R$ 1,349 milhões, um deságio de 20% frente ao valor inicial de propostas do leilão.

A Sinfra informou ainda que o prazo de execução é de 120 dias, contados a partir da ordem de início.