Federação e Clubes se reúnem para discutir falta de estádios para a competição

A Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), representantes do Governo do Estado e clubes da baixada cuiabana, se reuniram nas tardes desta terça e quarta-feira, para discutir sobre os possíveis estádios que irão receber jogos da Copa FMF – Edição 2019.

Em Cuiabá e Várzea Grande, somente a Arena Pantanal está apta para receber os jogos de torneios profissionais atualmente. No entanto, o gramado do estádio passa por reformas e adequações, dificultando assim, uma carga excessivas de jogos, em um curto espaço de tempo (Jogos de campeonatos como: Brasileirão – Série B, Copa Verde, Copa FMF, 2ª divisão do Mato-grossense).

Uma solução alternativa seria a liberação do Estádio Presidente Eurico Gaspar Dutra, o “Dutrinha” que também passa por reformas no momento. Sem os laudos necessários para a liberação dos torcedores, a praça esportiva teria que receber os jogos com os portões fechados, em um primeiro momento.

Após reunião com o Secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Francisco Vuolo, a Federação Mato-grossense e os representantes de clubes foram informados que a liberação do Dutrinha não será possível em tempo hábil, pois a troca do gramado do Estádio está prevista para o próximo mês, impossibilitando assim, a utilização do mesmo.

Outro paliativo seria o COT da UFMT, porém, uma série de medidas teriam que ser tomadas para viabilizar a utilização da praça esportiva. O reformado Dito Souza, em Várzea Grande, também seria uma alternativa mas as obras do Estádio ainda não foram concluídas.

Novas reuniões estão agendadas para a próxima semana para as definições sobre os locais dos jogos da Copa FMF.