Fora de casa, Dourado segura empate contra o Pantera da Mogiana

Após conquistar o bicampeonato da Copa Verde, ao vencer o Paysandu-PA no tempo normal, por 1 a 0, e nos pênaltis, por 5 a 4, o Cuiabá voltou a jogar pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Sem maiores ambições no Campeonato Brasileiro da Série B, Botafogo-SP e Cuiabá se enfrentam neste sábado, às 17 horas (de Brasília), no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela 37ª e penúltima rodada da competição. Ambos não têm mais chances de acesso ou rebaixamento.

Jogando em casa, o Botafogo-SP criou a primeiro boa chance da partida aos 12 minutos. Murilo recebeu na ponta esquerda e cruzou para Henan, que dominou e emendou uma bicicleta, mandando para fora. Já os visitantes construíram a melhor jogada aos 33, quando Lucas Braga avançou pela direita, ganhou na corrida, mas bateu errado. A bola sobrou para Josiel, mas o atacante fura e desperdiçou a oportunidade.

Logo no início da segunda etapa, o Pantera quase abriu o marcador. Marlon Freitas foi lançado em profundidade, passou pela marcação e chutou, mas parou em bela defesa de Victor Souza. O Dourado também foi atrás de tirar o zero do placar, mas a rede não balançou para nenhum dos lados.

O Pantera da Mogiana não conseguiu quebrar o tabu de nunca ter vencido o Dourado. Com o empate, o Cuiabá permanece como o da tabela, com 52 pontos, enquanto que o time de Ribeirão Preto subiu para a 9º colocação, somando 49 pontos.

Os próximos compromissos das equipes, fechando o Brasileirão Série B 2019, serão:

Botafogo-SP vai ao Durival Britto enfrentar o Paraná na próxima sexta-feira (29) às 20 horas.

Cuiabá volta pra casa e recebe o Vila Nova na Arena Pantanal. Será a última partida da edição de 2019 da Série B. No sábado (30) às 15h30 (hora local).

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO-SP X CUIABÁ

Local: Estádio Santa Cruz, Ribeirão Preto (SP)
Data: 23 de novembro de 2019, sábado
Horário: 17 horas (de Brasília)
Arbitragem: Deborah Cecília Correia (PE)
Auxiliares: Clovis Amaral da Silva (PE) e Ricardo Bezerra (PE)

BOTAFOGO-SP: Darley; Lucas Mendes, Luiz Otávio, Didi e Pará; Pablo e Marlon Freitas; Felipe Saraiva, Nadson e Murilo; Bruno Moraes (Rafael Costa)
– Técnico: Hemerson Maria

CUIABÁ: Victor Souza; Toty, Léo, Hélder e Alex Ruan; Moisés, Djavan e Renan Bressan; Lucas Braga, Josiel e Gutiérrez (Jefinho)
– Técnico: Marcelo Chamusca