José Medeiros: “Selma é Senadora por 8 anos, o que esta tendo são os batedores de mandatos em Brasília”

Para a Procuradoria-Geral Eleitoral, a Senadora hoje no Podemos, Selma Rosane Santos Arruda deveria deixar imediatamente o cargo e novas eleições para o Senado deveriam ser convocadas em Mato Grosso.

A posição está em parecer enviado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a admissão de recurso da ex-juíza contra decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que a condenou por “Caixa 2” e “Abuso de Poder Econômico” e decretou a perda do mandato da Senadora Selma Arruda.

O mandato da Senadora e ex-juíza Selma Arruda esta cassado. Ao menos no que depender do Ministério Público Eleitoral (MPE) que se manifestou de forma contrária aos recursos interpostos pelo seu antigo partido, o PSL, e sugeriu a imediata execução da sentença do Tribunal Regional de Mato Grosso.

A PGE em seu parecer afirma que a decisão do TRE apresenta provas contundentes contra a Senadora de Mato Grosso, e que não há motivos para acolher o recurso.

No entanto, a Senadora e Juíza aposentada Selma Arruda chegou de ser vista com integrantes da Justiça Eleitoral para trocar sua absolvição pela retirada da assinatura em apoio à instalação de uma CPI para emparedar o Judiciário, articulação que não foi bem vista.

Algumas informações surgiram que com a cassação da Juíza aposentada Selma Rosane Santos Arruda, o seu novo partido, o Podemos, poderia até mesmo, lançar o nome do deputado federal José Antônio Medeiros, cacique do partido em Mato Grosso para uma eventual disputa ao Senado da Republica, caso seja realmente necessária uma nova eleição no Estado. O que acabou não sendo confirmado pelo Partido e nem pelo próprio José Medeiros.

Medeiros chegou a dizer que esta tendo “Batedores de mandato” em Brasília, e segundo ele, “Isso é um absurdo o que estão fazendo com Selma, fiquei sabendo que estão fechando ate apoio, ela teve quase 700 mil votos, tem que respeitar ela, eu pergunto, essa pré-campanha foi determinante para sua eleição? Foi determinante para decisão do eleitor? Não”.

Hoje o Podemos é a segunda maior bancada em Brasília, ficando atrás apenas do MDB, e conforme seus lideres, a sigla não quer perder o espaço de Senado na capital federal.

A confiança do Podemos ainda é grande da não cassação de Selma Arruda, e o líder do partido em Mato Grosso, José Medeiros, disse acreditar em hipótese nenhuma nessa possibilidade de Selma ser afastada do Senado da Republica.

O Podemos ate mesmo já colocou a disposição de Selma Arruda, um advogado que já foi ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Joelson Dias para resolver toda a situação, e será um reforço de peso na defesa da Senadora do Podemos Selma Arruda.

Selma Arruda era juíza federal e gostava de se chamar de “Moro de Saias”. Tinha orgulho de ignorar teses defensivas e se recusar a obedecer ordens de soltura de réus e investigados, mesmo que elas viessem do Supremo Tribunal Federal (STF).

Foi condenada pelo TRE de Mato Grosso por ter simulado um empréstimo com um empresário que depois se registrou como seu suplente. De acordo com o Ministério Publico Eleitoral de Mato Grosso (MPE/MT), Selma Arruda gastou o dinheiro com campanha eleitoral antes do período permitido por Lei e nunca devolveu o dinheiro ao suplente, o que levou a acusação a concluir que o PSL vendeu a suplência de Selma Arruda.

Encontro e lançamento

E neste dia 24, o Podemos estará realizando oEncontro Nacional do Podemos, no Grande Oriente do Estado de Mato Grosso (GOE/MT). Esse encontro será para que Selma Arruda seja oficialmente Senadora do Podemos por Mato Grosso, e também fazer o lançamento da candidatura do vice-prefeito de Cuiabá, Niuam Ribeiro a Prefeitura de Cuiabá nas próximas eleições.