Poder Judiciário de Mato Grosso realiza “IV Encontro de Sustentabilidade”

As diversas práticas sustentáveis e de consciência socioambiental adotadas pela Justiça estadual serão conhecidas durante o IV Encontro de Sustentabilidade do Poder Judiciário de Mato Grosso.

Realizado pelo Núcleo Socioambiental do Tribunal de Justiça, o evento será realizado, nos dias 9 e 10 de dezembro (segunda e terça-feira, respectivamente), na sede da corte mato-grossense, em Cuiabá.

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso (TJMT), desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, magistrados, gestores gerais das Comarcas, servidores da Capital e do interior do Estado, colaboradores e demais autoridades estarão presentes.

Um dos focos do encontro é promover a integração entre os participantes e abordar a importância da sustentabilidade nas instituições públicas e os benefícios diretos que se obtém com essas práticas.

Serão premiadas as unidades judiciárias que mais reduziram despesas ao longo do ano, conforme requisitos estabelecidos pelo Projeto de Gestão Matricial de Despesas (GMD) da Coordenadoria de Planejamento (Coplan) do TJ, conhecido como Programa Economia Legal.

Dentro da programação, os servidores do Judiciário serão capacitados com palestras sobre ética ambiental, inovação estratégica, economia circular, governança de contratações, Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 e compras públicas.

A integrante do Núcleo Socioambiental e assessora da Coordenadoria de Planejamento do TJ, Vera Lícia de Arimateia, afirma que o Poder Judiciário de Mato Grosso avança a cada ano quando o assunto é sustentabilidade, daí, segundo ela, a importância de um evento tão significativo como esse.

Será uma oportunidade para preparar os servidores quanto aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e mostrar tudo o que está sendo feito. Temos esse compromisso de tratar sobre as ações sustentáveis, sobre o Judiciário estar inserido nesse contexto, de poder preparar nossos servidores quanto à conscientização e ações práticas e a entrega dos selos de reconhecimento para as comarcas que mais economizaram ao longo desse ano. Vai ser um evento bastante importante para a encerrarmos o exercício de 2019.

GMD

Vale lembrar que haverá a entrega dos selos do Gerenciamento Matricial de Despesas (GMD) em dezembro. Porém, Vera Lícia recorda que a partir deste mês (novembro) já se inicia a competição saudável entre as Comarcas que mais economizarem, para o ano de 2020.

A gincana é promovida pelo Tribunal de Justiça com o propósito de diminuir gastos com energia elétrica, impressão, telefonia móvel, telefonia fixa, material de consumo e correios, conferindo os Selos de reconhecimento, Diamante, Ouro, Prata e Bronze às unidades judiciárias que mais economizar.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo link https://www.even3.com.br/4espjmt/ , a partir do dia 2 (segunda-feira), lembrando que o público alvo do primeiro dia são magistrados (desembargadores e juízes), servidores e convidados e no segundo dia, magistrados, servidores, convidados, colaboradores, estagiários e público externo. As vagas são limitadas.

Acesse AQUI a programação do evento.