Polícia Federal e Civil cumprem mandados de busca e apreensão contra pedófilos

14 Estados e o Distrito Federal e em mais seis países receberam na manhã desta quarta-feira, (4), a 5ª fase da “Operação Luz da Infância”.

Fora do país, a Operação Luz da Infância também tem sido realizada no Chile, em El Salvador, nos Estados Unidos, no Equador, no Panamá e no Paraguai.

A ação é coordenada pelo Ministério da Justiça com o objetivo de identificar crimes relacionados ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet.

Segundo o Ministério da Justiça, nesta fase da operação estão sendo cumpridos também em seis países. São 105 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual praticados contra crianças e adolescentes.

No território nacional, a Operação Luz da Infância” integrada envolve as Polícias Civis do Amazonas, Amapá, Alagoas, Ceará, Distrito Federal, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Piauí, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte juntamente com a Polícia Federal.

Desde o início da Operação Luz da Infância“, em 20 de outubro de 2017, já foram expedidos 1.112 mandados de busca e apreensão contra suspeitos de pedofilia, e 546 pessoas já foram presos.

Agentes da Polícia Federal e da Polícia Civil que cumprem 105 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal, informou que 1 suspeito de pertencer a uma rede internacional de pornografia infantil foi preso.

As penas para os crimes investigados variam de 1 a 8 anos de prisão. Quem armazena material de pornografia infantil tem pena de 1 a 4 anos de prisão. Para quem compartilha, a pena é de 3 a 6 anos de prisão. A punição alcança 4 a 8 anos de prisão para quem produz esse tipo de material.

Veja o número dos presos:

Alagoas: 3 presos
Amapá: 1
Amazonas: 1
Distrito Federal: 1
Mato Grosso: 1
Mato Grosso do Sul: 1
Pará: 2
Paraná: 3
Rio de Janeiro: 1
Santa Catarina: 4
São Paulo: 3

Nesta fase, foram analisados 312 mil arquivos, com um volume total de dados de 3,8 terabytes, o equivalente a 3.800 gigabytes.