Vaga na Copa do Brasil: Aron Dresch indicará o União mesmo com questionamentos jurídicos do Mixto

Representantes do Mixto estiveram reunidos com o presidente da FMF, Aron Dresh, na tarde de desta ultima quinta-feira (21) para debater sobre a indicação para a Copa do Brasil 2020.

Os mixtenses reivindicam a vaga destinada à Copa FMF, se amparando no regimento do Campeonato Mato-grossense, que estabelece não existir um terceiro colocado no Estadual. E, portanto, a segunda vaga para a Copa do Brasil estaria em aberto com a conquista do Cuiabá na Copa Verde (clique aqui e entenda).

O erro no regulamento é reconhecido pela própria FMF e foi corrigido para a Edição de 2020 do Campeonato Mato-grossense. Nos bastidores, chegou de ser cogitado a possibilidade de um sorteio entre as equipes do União e Luverdense para determinar quem é o terceiro colocado, mas a ideia não foi levada a diante.

A reunião teve duração de 2 horas e contou com a participação do presidente do conselho deliberativo do Mixto, o vereador Sargento Joelson e o apoiador Mário Cândia. Pela federação, estiveram presentes também os executivos da FMF Diogo e Humberto.

Mesmo após debate e apresentação das contradições contidas no regulamento do campeonato mato-grossense, Aron Dresch foi enfático ao dizer que vai indicar o União para a vaga.

O sargento Joelson resumiu:

A decisão do Aron foi categórica. Ele vai indicar o União alegando uma série de razões, mas, principalmente, o argumento dele contra tudo o que estamos falando é a existência de uma publicação de abril, colocando o União em terceiro colocado. E que nós nunca combatemos isso. No entendimento dele, estaria prescrito ou alguma coisa nesse sentido. O Aron falou que vai indicar o União como o segundo classificado pelo campeonato mato-grossense, mesmo que nós tomemos outra decisão, de acionar juridicamente“.

O fato concreto, é que uma publicação posterior ao campeonato não pode sobrepor ao que está escrito no regulamento da competição, aprovado em arbitral e assegurado pelo Estatuto do Torcedor.

O jurídico do Mixto estuda se questionará o ou não na justiça o anúncio que será feito pela FMF confirmando a vaga para o União.

Coincidentemente, na quarta-feira (20) o União pediu ao Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso o adiamento do processo contra o presidente Aron.

Confira a publicação da FMF em que Aron Dresch se ampara para indicar o União: